Neves

Trump nas Neves para a Queimada do Judas

4 Maio 2017

No passado sábado de aleluia voltou-se a realizar no Largo das Neves a Queimada do Judas. Trump foi o tema escolhido. Levado para a forca por quatro “mexicanos”, o Judas (Trump) esteve acompanhado no cortejo, em jeito de paródia, por música e inúmeros figurantes alusivos aos Estados Unidos da América (cowboys, majorette, Tio Sam, Ku Klux Klan, soldados, motards em “Harley Davison”, etc.).

O testamento, apesar de alguns recados e alertas, foi simpático e deixou descansado alguns dos mais receosos. Ainda assim, deixou várias relíquias para os autarcas e associações locais, sem esquecer, no entanto, as figuras da política nacional e internacional.

Se antes da Queimada do Judas, teve lugar na capela da Senhora das Neves um concerto excecional dos Contraponto, no fim, e em ambiente de festa, foi lido o esconjuro e servida a tradicional Queimada Galega.

A Queimada do Judas, depois de realizada quatro anos consecutivos, está consolidada junto da população e já se afirma como um dos eventos mais agradáveis do Largo das Neves. A moldura humana e o entusiasmo impressionaram os presentes e muitos foram os que comentaram que já parecia as Festas das Neves.

Organizada pelo Núcleo Promotor do Auto da Floripes 5 de Agosto e pelas três autarquias que partilham a “Mesa dos Três Abades” (Barroselas e Carvoeiro, Mujães e Vila de Punhe), a Queimada do Judas, enquanto espetáculo profundamente popular, é concretizada por gerações distintas e por diversas associações e grupos das três comunidades. O Largo das Neves esteve em festa e voltou a ser um palco privilegiado para a cultura popular e berço especial para a harmonia entre as três comunidades.

Também no âmbito da “Páscoa a Três”, o Largo das Neves viveu o primeiro dia das Festas das Neves na segunda-feira de Páscoa com o Encontro das Cruzes, o Brinde na Mesa dos Três Abades e o Hastear da Bandeira. O sol, como convidado especial, acompanhou a grande multidão que se engalanou para rumar ao Largo das Neves a fim de aplaudir e testemunhar o cumprimento da tradição, bem como para festejar a harmonia, o respeito e a paz entre todos. Bom e bonito é quando o povo se diverte e quem de direito se entende! Estão de parabéns todas as partes envolvidas, nomeadamente a promotora Comissão de Festas da Senhora das Neves.

 


PUB
PUB

Últimas [Região]