Cristiana Félix
mm
Cristiana Félix
Psicóloga
cris_felix10@hotmail.com

As crianças e a comunicação

29 Julho 2017

No desenvolvimento das crianças a comunicação acaba por ser fundamental a intervenção dos familiares. Existem várias formas de contribuir para o desenvolvimento da linguagem e das estratégias de comunicação das crianças. Lidar com as crianças requer uma boa capacidade de comunicação, dado que estas nem sempre percebem o que realmente lhe queremos dizer, pelo que se torna fundamental certificarmo-nos o que a criança percebeu e o que realmente pretendemos explicar.

Existe um conjunto de palavras que fazem toda a diferença no desenvolvimento da linguagem na relação com as crianças, entre as quais destacamos as seguintes:

O Sim – Esta palavra é muito importante e constitui um fator determinante na construção da personalidade da criança, o sim corresponde a uma resposta de validação face à atitude da criança, assim como a importância da sua resposta perante uma tomada de decisão.

Não – Esta palavra corresponde normalmente a uma atitude desagradável, no entanto, é tão importante como a anterior na medida em que permite às crianças compreender os seus limites orientando-o no sentido de formar os seus comportamentos e as suas opiniões.

Permite o conhecimento do bem e do mal assim como o que se espera que seja o comportamento da criança. Permite ainda aprender a lidar com a frustração de não poder ter determinada atitude perante os comportamentos.

Dentro do não destaca-se também a palavra não sei, esta é fundamental porque permite às crianças perceberem que nem sempre os pais sabem tudo e ao mesmo tempo eles próprios compreendem que não precisam de saber tudo, ou seja, há momentos em que não temos de ter vergonha por não saber dar determinada resposta. Validando assim a atitude de que nem sempre se consegue responder de forma positiva perante as questões.

Desculpa – É importante ensinar as crianças a pedir desculpa, pelo que podemos começar por dar o exemplo, e ser mos os primeiros a pedir desculpa quando erramos perante um determinado comportamento. Este comportamento permite a criança compreender a importância de pedir desculpa.

Aprender a pedir ajuda – É fundamental que as crianças compreendam a importância de pedir ajuda sempre que não conseguir resolver alguma questão, no entanto, deve ser reforçada a importância de persistir na tarefa até conseguir e só posteriormente pedir ajuda para assim aprenda a persistir nas tarefas. Esta tarefa permite assim reconhecer as suas capacidades e ao mesmo tempo as suas competências.

Aprender a dizer obrigada – Esta palavra permite à criança sentir-se útil e ao mesmo tempo promover a sua autoconfiança nas suas capacidades, assim como a sensação de que é útil.

Pedir opinião das crianças – Sempre que possível é importante fazer com que as crianças se sintam importantes valorizando e estimulando assim as capacidades de comunicação e a promoção da opinião.

Dar várias opções às crianças – É importante que as crianças se sintam confortáveis e importantes em dar a sua opinião na escolha das várias opções. Isto fará com que a criança se sinta útil e do mesmo modo fundamente a sua opinião critica relativamente aos vários temas.

Estas são algumas das palavras mais importantes que podemos utilizar na formação da personalidade das crianças permitindo assim que ela cresça de forma saudável e do mesmo modo se sinta útil e importante para o seu crescimento.

Além destas palavras é importante certificar-se que as crianças mantêm a atenção direcionada para a conversa que estão a ter, fale pausadamente para se certificar que as crianças estão a compreender perfeitamente o que lhe está a ser transmitido.

Durante o discurso use palavras simples, sem enfatizar as palavras infantilizadas, usando assim frases curtas e construídas de forma correta. Incentive a expressão dos sentimentos e das emoções por parte das crianças, respondendo de forma positiva às intervenções das crianças.

Estas são algumas das estratégias que podem ser utilizadas no processo de desenvolvimento das crianças potenciando as suas capacidades.

 

 


PUB
PUB

Últimas [Opinião]